(Livro) O Balé da Chuva

Talvez uma das coisas mais bonitas que se possa fazer neste mundo é inventar outros mundos. Mundos de imaginação, que nos transportam para além do aqui e do agora. Coloridos com cheiros de flores e frutas e sons acolhedores. Com algum movimento, um pouco de chuva, um pouco de dança. Como num balé.
Este é o mundo que Marilza, inventora de mundos generosa e profissional, nos oferece com seu Balé da Chuva.
Junto com Nana, vamos desvendando este mundo, amedrontador no início, mas que vai se revelando repleto de música e dança. Com o olhar atento aos pequenos detalhes, vamos aprendendo que não é preciso temer nem mesmo o trovão, o barulhão mais alto de todos. E do medo inicial de Nana, somos levados à ternura da mãe ensinando a filha e da filha abastecendo a mãe.
O Texto acima é de Fábio Salvatti e está no prefácio do livro “O Balé da Chuva”. Com uma narrativa leve, atenta aos detalhes e às necessidades do universo infantil, a obra de Marilza e Alessandra é uma viagem lúdica, movimentada e colorida na história de Nana.
O projeto do livro foi patrocinado pela Clinipam, Serra Verde Express, Colégio Expoente, Cotrasa e é uma realização da Gramofone +Cultural através da lei municipal de incentivo à cultura.


2007
Marilza Conceição

Autora: Marilza Conceição do Valle Nowak
Ilustrações: Alessandra Tozi
Revisão de textos: Alexandra Lemos
Design gráfico: Antonio M. Fontoura
Coordenação de projeto e produção executiva: Mara Fontoura